Vôo do Beija-flor

Vôo do Beija Flor - Elisa Cristal

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

" leva o morto pro quartel e deixa o Lula se despedir dele"





Surreal! Inescrupuloso! Ilegal! Ato de regime de exceção!  Uma sucessão de desrespeito à Constituição de 88. Digamos que é barbárie ou será ditadura? 

Nos meus quase 70 anos, sem nunca ter defendido PT mas sendo socialista, católica, cumpridora das leis e sobretudo respeitosa aos direitos humanos, assisti essa história sobre a não ida do ex presidente Lula ao sepultamento do seu irmão Vavá e ainda me assombrei. Não deveria. Mas não consegui sufocar a sensação absurda de constatar um tratamento diferenciado e até paranóico para um preso que deve assustar e muito os delegados da Policia Federal, os Governantes da situação, os juízes,  parlamentares,  ministros de Tribunais superiores, militares radicais, talvez uma parcela do público que teme a tal volta do PT e até os que não saberiam dimensionar se o ex líder sindical estaria no poder caso não estivesse preso.
Vi uma novela delirante. 

Aliás, é o que mais tenho assistido. Está difícil engolir tanta manobra e o clima de fechadura. 

Nada mais a declarar tendo em vista que o atual governo é mestre em suscitar ódio extremo na alma brasileira. 

Sei que não atinge a todos. Ainda temos corações bondosos  no meio da nossa gente. 
Gosto de lembrar os versos. " brava  gente brasileira, longe vá temor servil, ou ficar a Pátria livre, ou morrer pelo Brasil". 

Alguém cante este hino no ouvido do Toffoli por favor! Quando o morto for o pai dele ou um familiar próximo, quem sabe iremos velar numa unidade militar? Com honras militares, claro!
Cida Torneros

Nenhum comentário:

Postar um comentário